December 10, 2019

Blog

Home / Cloud Computing / Cloud representa oportunidade para operadoras de telecom

Cloud representa oportunidade para operadoras de telecom

0

A Oracle chega à Futurecom 2011, que acontece entre os dias 12 e 14 de setembro, em São Paulo, com sua estratégia em relação ao setor de telecomunicações bem definida. De acordo com Alceu Bravo, diretor de soluções para o setor de telecomunicações, mídia e entretenimento da companhia para a América Latina, a presença nesta edição do evento será dividida em quatro grandes temas.

“Nos últimos anos fizemos um investimento expressivo para atender o mercado de telecom, o que nos faz trazer para esta edição alguns dos principais temas para o setor no momento”, afirma. De acordo com o executivo, serão quatro grandes temas a serem tratados pela companhia durante o evento: experiência do cliente, big data, cloud computing e uma apresentação a ser feito pelo Instituto Cosa Riquenho de Energia (ICRE).

“A questão da experiência do cliente está profundamente relacionada ao auto atendimento”, diz Bravo. Ele afirma que existem ainda vários mecanismos ainda não explorados pelas operadoras, por exemplo, e que podem ser positivos tanto para os clientes como para as empresas. Na área de big data, o objetivo da Oracle é explorar seu domínio na área de banco de dados, com ênfase bastante forte para o data base machine, device específico para bancos de dados, recentemente lançado pela companhia.

Já o caso de sucesso do ICRE vai abordar o uso dos aplicativos da companhia. Um porta voz da empresa vai apresentar o caso de implementação dos softwares de CRM (Customer Relationship Management) e billing e dos benefícios obtidos a partir do uso e integração destes aplicativos.

Por fim, a quarta área vai tratar de cloud computing. “Temos conversado muito com as operadoras sobre o assunto. Não é algo que ocorre de uma hora para outra, mas há aí uma grande oportunidade para que elas atuem como provedores de serviço”, diz o executivo. Ele lembra que, em outros países, já se encontram casos de operadoras que oferecem serviços de infraestrutura em nuvem.

Bravo não acredita haver assuntos em excesso. Ao contrário, para o executivo, o mercado brasileiro de telecomunicações está em ebulição há dois ou três anos, e esta efervescência deve aumentar por conta da Copa do Mundo e das Olimpíadas. “Há vários movimentos em paralelo: as empresas estão buscando entender melhor seus clientes, estão ampliando as redes 3G e, também, estão se consolidando”, afirma.

Mesmo com demandas específicas, o executivo enxerga preocupações comuns a todas as empresas do setor. Fidelização e manutenção de clientes, ampliação da qualidade de serviço, aumento da qualidade da experiência com o serviço e mais uso de inteligência no negócios são alguns exemplos.

Por conta disso, Bravo acredita que os investimentos nos próximos anos serão grandes e que cabe aos fornecedores como a Oracle trabalhar em conjunto com os clientes para posicionar melhor seus produtos. “Hoje temos times inteiros dedicados ao setor e focados em soluções específicas. Este é um setor cada dia mais representativo em nosso faturamento”, diz.

Fonte: Convergência Digital – Cobertura Futurecom 2011 – Fábio Barros

 

Recommended Posts
Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.