December 10, 2019

Blog

Home / Notícias / Empresas aumentam investimentos na Economia dos Aplicativos, diz CA

Empresas aumentam investimentos na Economia dos Aplicativos, diz CA

0

Segundo estudo da CA Technologies com 1.425 executivos de 13 países, 88% das empresas vão adotar DevOps para acelerar entregas

A chamada Application Economy ou Economia dos Aplicativos, definida pelo uso em massa de dispositivos móveis e pela proliferação de apps móveis como interface de relacionamento entre empresas e consumidores ou entre empresas e seus funcionários, parceiros e fornecedores, está beirando o status de “força da natureza”, já que muda para sempre a forma como fazemos negócios e nos relacionamos.

Quem entender e aderir mais rápido à Application Economy passa na frente. E certamente garante a longevidade dos seus negócios. As conclusões são de um estudo patrocinado pela CA Technologies e realizado pela empresa Vanson Bourne.

A pesquisa ouviu 1.425 executivos de empresas dos segmentos finanças, saúde, manufatura, varejo, telecomunicações e entretenimento em 13 países: Alemanha, Austrália, Brasil, Canada, China, Estados Unidos, Espanha, França, Índia, Inglaterra, Japão, Itália e Suíça. O mix de executivos ficou 50% profissionais de TI e 50% profissionais de linhas de negócio (LOB).

Líderes e Seguidores

Segundo o estudo, as organizações (“líderes”) inseridas na Economia dos Aplicativos por meio de estratégias como DevOps (desenvolvimento de TI orientado à operação de negócios), Gerenciamento de Nuvem e Mobilidade, conseguem resultados significativamente melhores de negócio do que as companhias que ainda não se adaptaram ao novo paradigma de mercado (“retardatárias”).

As “líderes”, aponta o estudo, crescem mais que o dobro seu faturamento (106%) quando comparadas às “retardatárias”. A diferença também aparece na lucratividade – “líderes” têm 68% mais lucro que as “retardatárias”; e na expansão dos negócios com novas ofertas e serviços – “líderes” crescem 50% mais.

Resultados globais

Do total de empresas entrevistadas, a metade (50%) identificam o impacto da Application Economy nas suas verticais e 44% já percebem o impacto diretamente em sua própria organização. Por conta disso, 25% aumentaram o investimento nessa área; e 11% trouxeram desenvolvimento de software para dentro de casa.

No Brasil, 37% das empresas entrevistadas identifica o mesmo impacto da Economia dos Aplicativos sobre suas verticais e 28% já veem os impactos importantes dessa mudança em suas próprias organizações. Em resposta ao cenário, 28% delas vão aumentar investimentos na área nos próximos anos; e 48% trouxeram o desenvolvimento de software para dentro de casa.

Aplicativos

As empresas aceleram para entregar ao mercado uma interface mais consistente com a Economia dos Aplicativos. Nesse sentido, a pesquisa identificou que, em média, as empresas lançaram seis aplicativos para consumidores em 2013, sendo que 51% delas lançaram pelo menos 4 apps para consumidores no ano passado. No Brasil, 51% das organizações entrevistadas lançaram pelo menos cinco novos apps no mesmo período.

O estudo mostra que 94% dos executivos globais de negócios (e 88% dos executivos brasileiros) sofrem pressão para lançar mais aplicativos, mais rapidamente, para satisfazer a demanda de seus clientes ou enfrentar a concorrência. Como resultado, 88% das entrevistadas estão planejando adotar as práticas de DevOps para aumentar a entrega de aplicativos. No Brasil, 73% das empresas brasileiras entrevistadas já adotam práticas de DevOps, e 27% pretendem adotar nos próximos 3 anos;

Desafios

Entre todas as empresas entrevistadas, a segurança foi indicada como o maior obstáculo para alcançar todos os benefícios da Economia dos Aplicativos, seguido de perto por restrições orçamentárias. Entretanto, os “líderes” já estão adotando medidas para assegurar que possam continuar competindo neste novo modelo econômico, incluindo a opção de comprar pelo menos uma empresa de desenvolvimento de software que teria ferramentas e habilidades críticas para o novo cenário.

Do total de empresas ouvidas, 52% planejam comprar uma empresa de software e, do total das brasileiras, 78% avaliam fazer o mesmo dentro de 12 meses

“Este estudo realça as oportunidades que a Economia dos Aplicativos apresenta ao mercado. A realidade é que a fidelidade dos clientes tem sido conquistada cada vez menos apenas com o poder da marca, mas sim por meio da experiência completa que esta marca oferece. Hoje, essa experiência é oferecida através de software”, afirma John Michelsen, Chief Technology Officer da CA Technologies.

Software reescreve os negócios

“Como podemos ver nos resultados deste estudo, as empresas reconhecem a importância do software e estão se adaptando de acordo – seja levando o desenvolvimento para dentro de casa, adquirindo capacidades ou investindo em ferramentas e tecnologia”, acrescenta Michelsen.

Não por acaso, o novo lema adotado pela CA Technologies – “Business, Rewritten By Software” – endereça essa mudança radical do ambiente corporativo. A companhia, comandada por Mike Gregoire, está com os dois pés fincados nesse cenário e apresentou sua visão e seus novos produtos para as 4 mil pessoas que participaram em Las Vegas do CA World 2014.

 

Fonte: Site Computerworld

Recommended Posts
Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.