October 20, 2019

Blog

Home / Notícias / Mais de 70% das empresas brasileiras usam APIs em suas estratégias de apps

Mais de 70% das empresas brasileiras usam APIs em suas estratégias de apps

0

A CA Technologies divulgou resultados de um estudo contendo um panorama sobre a adoção de APIs. E o levantamento revelou que o Brasil está em sintonia com o cenário global. Segundo a pesquisa, no mundo, 79% das organizações adotam as interfaces de programação para integrar sistemas de back-office (mesmo porcentual no Brasil); 78%, para o desenvolvimento de aplicativos baseados na web (79% no Brasil); e 76% para o desenvolvimento de aplicativos móveis (74% no Brasil).

Ainda 74% das organizações afirmaram que possibilitam o acesso a seus dados para desenvolvedores externos à corporação (66% no Brasil) e 73% que exploram serviços de terceiros por APIs (mesmo porcentual no Brasil).

Na média global, 90% dos entrevistados vê como necessário ter infraestrutura e ferramentas em dia para um boa estratégia voltada às interfaces, mas apenas 36% já implementaram essa medida. No Brasil, a diferença é um pouco menor, mas ainda significativa: 96% consideram a tarefa importante, e 46% já a executaram.

Em relação à segurança, no mundo, 89% dos executivos diz ser necessário lidar com desafios de segurança e compliance quando o assunto é APIs, mas apenas 34% de fato o fazem. No Brasil, os números são de 86% e 37%, respectivamente.

No geral, 85% dos entrevistados considera importante recrutar uma massa crítica de desenvolvedores no programa de APIs da companhia, porém 28% deles de fato o fez. No Brasil, são 87% que acham a medida importante, e 32% que a adotaram.

“Chama a atenção o fato de que há um porcentual maior de brasileiros que dizem ter encontrado os fornecedores certos de ferramentas e de consultoria em APIs. O número chega a 36% aqui, contra 29% no global. Cerca de 90% dos entrevistados classificou esse como um ponto vital para o sucesso da estratégia de APIs da corporação”, destaca o relatório da CA.

Heavy Users

O estudo identificou um conjunto de corporações chamadas de Disruptores Digitais, aquelas que lideram no uso de APIs para aperfeiçoar o desenvolvimento de softwares. Nesse grupo, as empresas estão duas vezes mais propensas a adotar APIs para otimizar o desenvolvimento interno e 2,8 vezes mais inclinadas a usar a tecnologia para sustentar um ambiente de desenvolvimento para terceiros, ou seja, programadores de fora da companhia.

Ainda que desafiador, usar APIs como um indutor da transformação digital de uma empresa demonstra benefícios.

De acordo com o estudo, no Brasil, 79% das companhias que investem na tecnologia expandiram seu alcance digital; 78% reduziram custos e riscos de TI; 78% entregaram uma melhor experiência do usuário; 74% são capazes de monetizar seus dados; e 71% entregam aplicativos mais rapidamente. Os números seguem tendência global.
As APIs funcionam como conectores entre diferentes sistemas, de diversas companhias. Em sua origem, elas possibilitavam o acesso a bibliotecas de funções pré-construídas de um software. Agora, em meio à profusão da mobilidade e da Internet das Coisas, as APIs ganham um papel estratégico para o desenvolvimento de aplicativos web e mobile, em ambientes compartilhados.

O levantamento, que ouviu 1.442 executivos das áreas de negócios e de TI de empresas de nove setores da economia, espalhados por 16 países.

Fonte: Computerworld.

Recommended Posts
Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.